• Fenapro

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL E E-COMMERCE

Atualizado: 27 de Ago de 2020



O Brasil já é um dos países com maior números de infectados pela Covid-19 e desde o surgimentos dos primeiros casos precisou acelerar seu nível de presença digital para manter as vendas e funcionamento de empresas.


O isolamento exigiu transformações dos negócios que rapidamente apresentaram resultados, é o que aponta o levantamento da Compre&Confie: o e-commerce brasileiro faturou R$ 9,4 bilhões em abril, aumento de 81% em relação ao mesmo período do ano passado. As mudanças precisam ser rápidas e assertivas para que as marcas permaneçam relevantes na vida do consumidor durante a quarentena.


Entre os setores que obtiveram maior crescimento no período estão: Alimentos e Bebidas (aumento de 294,8% em relação a abril de 2019), Instrumentos Musicais (+252,4%), Brinquedos (+241,6%), Eletrônicos (+169,5%) e Cama, Mesa e Banho (+165,9%), e essa mudança deve permanecer após a pandemia. Segundo o estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), 70% dos entrevistados pretendem continuar comprando mais online do que faziam antes da covid-19.


Pensando nisso a Fenapro e o Sinapro levaram o debate para o CHACOALHA e convidaram especialista do setor para falar sobre o assunto e apresentar insights para as agências que precisam se reinventar neste curto prazo.


Confira o debate abaixo:


Também preparamos uma lista com links relevantes sobre e-commerce, confira:


Estudo sobre o E-commerce de Produtos: https://abcomm.org/Pesquisas/ecommerce-no-covid-konduto-abcomm.pdf


Estudo sobre E-commerce de Serviços: https://abcomm.org/Pesquisas/ecommerce-de-servicos-konduto-abcomm.pdf


A ABComm conta com conteúdo gratuito para ensinar microempresas a vender pela Internet: https://cursos.abcomm.org/gratis


Para estes e outros conteúdos sigam nossas redes sociais e fique atento a área de comunicados do site.

18 visualizações0 comentário